top of page
Buscar
  • elano53

UFC e Hapvida lançam centro de pesquisas em IA na saúde


Parceria entre grupo de saúde suplementar e universidade envolve ainda apoio com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)

Com foco em desenvolver pesquisas tecnológicas na área da saúde, foi fundado nesta segunda-feira, 20/3, o Centro de Referência em Inteligência Artificial (Cereia). Além de desenvolver pesquisas voltadas ao uso de IA para soluções de problemas em saúde, o projeto visa formar profissionais para esse mercado.


A iniciativa é uma parceria entre Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Grupo NotreDame Intermédica, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp). O Cereia fica localizado no Condomínio do Empreendedorismo e Inovação da UFC (Campus do Pici).


Dentre os temas que o Cereia vai desenvolver estão iniciativas de aplicação de internet das coisas (IoT), big data, transformação digital e tecnologias de ponta na prevenção, diagnóstico e terapias de baixo custo, levando em consideraçao a privacidade dos beneficiários do Grupo Hapvida e atendendo à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).


Serão seis linhas de pesquisas principais: Predição de Doenças Crônicas; Apoio à Avaliação de Exames Radiológicos; Engajamento de Pacientes em Programas de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças Crônicas; Sistema Inteligente para Monitoramento Remoto de Paciente; Anamnese Assistida por Inteligência Artificial; Interfaces com Alta Qualidade para Ciência de Dados na Saúde.


Kleber Linhares, vice-presidente de Tecnologia e Inovação do Grupo Hapvida NotreDame Intermédica, destaca que a área de saúde já é bastante apoiada pelas soluções de IA no seu dia a dia e que esse movimento deve crescer nos próximos anos.


"E um dos principais diferenciais para esse avanço está justamente na sólida base de dados que o setor possui", pontua ele.


Para o reitor da UFC, Cândido Albuquerque, a Universidade precisa discutir mais sobre IA e se por na vanguarda do tema, seja no ensino, na pesquisa ou na extensão, "mas também de desbravar novas fronteiras para a inteligência artificial".


"A Universidade precisa discutir este tema, e nosso Centro de Referência tem essa responsabilidade de trazer a discussão", completa.


Capacitação de profissionais em tecnologia


Entre as atribuições do Centro, destacam-se também as atividades voltadas para a formação de pessoal em Inteligência Artificial, a difusão de conhecimento e a transferência de tecnologia. O executivo do Grupo enfatiza o aspecto formador e a necessária descentralização da oferta de vagas nas regiões sul e sudeste.


Estrutura do Cereia


O CEREIA tem financiamento da FAPESP, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e do Grupo Hapvida NotreDame Intermédica.


Além de cientistas e servidores técnicos da UFC, participarão do Cereia pesquisadores da Universidade Federal do Piauí (UFPI), da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), distribuídos entre as seis linhas de pesquisas do Centro.


O Centro ocupará uma área de 380 metros quadrados no quinto andar do Condomínio de Empreendedorismo e Inovação da UFC, podendo contar também com o pavimento de treinamento (1º andar), auditório, salão de eventos e salas de reuniões.


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page