top of page
Buscar
  • elano53

Saúde: A noite é mais escura antes do amanhecer | Atualizando estimativas



Estamos atualizando as estimativas de Rede D’Or (RDOR3), Oncoclínicas (ONCO3), Mater Dei (MATD3)e Kora Saúde (KRSA3), e introduzindo novos preços-alvo para as ações para o final de 2023. Estamos ficando cada vez mais céticos em relação ao desempenho dos prestadores hospitalares ao longo de 2023. Nossa visão é baseada em: (i) os níveis persistentemente altos de sinistralidade apresentados pelas fontes pagadoras; (ii) a lenta redução do ritmo de crescimento do mercado de planos de saúde; e (iii) o recente aumento do custo de capital combinado com altos índices de alavancagem. De modo geral, temos uma visão conservadora em relação aos prestadores de serviços de saúde, mas vemos potencial de valorização em algumas ações – como ONCO e MATD.


As operadoras de planos de saúde estão sob pressão. Os pagadores estão lidando com os níveis de sinistralidade mais altos de todos os tempos, e não vemos uma recuperação ocorrendo no curto prazo, uma vez que provavelmente exigirá aumentos de preços, ajustes de mix e rotatividade de portfólio. Para lidar com a situação atual, as operadoras de planos de saúde estão aumentando as glosas, alongando os prazos de pagamento e ajustando os preços abaixo da inflação. As medidas afetam a receita, as margens e o ciclo de conversão de caixa dos prestadores.


As incertezas macroeconômicas podem colocar obstáculo no crescimento do mercado. Desde 2020 o mercado de planos de saúde vem crescendo de forma consistente. No entanto, esperamos que essa tendência perca força devido a incertezas macroeconômicas, dado que o desemprego e a renda familiar média podem ser afetados, limitando o potencial de crescimento do mercado.


Endividamento e taxas de juros podem interromper a consolidação. O índice de alavancagem dos prestadores de saúde aumentou significativamente – para mais de 5x dívida líquida em relação ao EBITDA em alguns casos – após um processo de consolidação agressivo em todo o setor. Além disso, o CDI de 5 anos à frente aumentou 6,4 p.p. desde 2020 (para 12,3%), prejudicando os resultados financeiros e o custo marginal de capital das empresas. Não vemos aquisições tendo um papel relevante para o segmento hospitalar no curto prazo.


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page