top of page
Buscar
  • elano53

Hapvida (HAPV3) vende São Francisco Resgate por R$ 150 milhões



Em mais um movimento do setor de saúde, a Hapvida (HAPV3) informou que vai vender a São Francisco Resgates por R$ 150 milhões, valor que ainda pode ser ajustado no futuro.

A compradora é a ELO Conservação e Manutenção de Infraestrutura, que ainda espera aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).


De acordo com o comunicado arquivado na Comissão de Valores Mobiliáris (CVM), o negócio ajudará a Hapvida a focar em sua integração com a NotreDame Intermédica (GNDI3) — a fusão entre as duas ocorreu no início de 2021 como um dos pontos altos da expansão da Hapvida.


Segundo a companhia, a SF Resgate é um dos maiores provedores de serviços de emergência do país, com 220 ambulâncias próprias e 16 contratos que incluem a prestação para rodoviás, indústrias e o aeroporto de Guarulhos.

  • Já sabe como declarar seus investimentos no Imposto de Renda 2023? O Seu Dinheiro elaborou um guia exclusivo onde você confere as particularidades de cada ativo para não errar em nada na hora de se acertar com a Receita. Clique aqui para baixar o material gratuito.

"A atual transação, em conjunto com as duas captações recentes (sale & leaseback e follow on), está inserida no contexto, já informado pela companhia, de otimização e fortalecimento da sua estrutura de capital bem como maior foco em seu core business", informa a Hapvida.


Hapvida (HAPV3) levantou mais de R$ 1 bilhão em oferta primária


No mês passado, a Hapvida (HAPV3) levantou R$ 1,06 bilhão em uma oferta primária de ações, com demanda para colocar tanto o lote principal oferecido quanto um lote adicional de 20%.


O follow-on veio à tona dias depois de a família Pinheiro, principal acionista da Hapvida, ter anunciado uma injeção de capital de pouco mais de R$ 2 bilhões na empresa.

No fim de março, os controladores anunciaram a compra de dez imóveis da Hapvida com o compromisso de alugá-los para a própria operadora em seguida.


Esse negócio, conhecido no mercado como sale and leaseback, deve render R$ 1,25 bilhão para a companhia.


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page